domingo, 30 de setembro de 2012

Camarão Especial para os Amigos!!

É ou não é uma delícia?!!!
Experimente!

 
 
Ingredientes: 1kg de camarão grande limpo, mas com "rabinho", lavado com limão e temperado com um pouquinho de alho, sal e pimenta-do-reino (opcionais tanto o rabinho, como a pimenta), 2 ovos batidos juntos, um pouco de farinha de trigo (em torno de 1 xícara de chá), mistura de 1 pacotinho de cream cracker amassadinho com 1/2 xícara de farinha de rosca e 1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado.
 

Modo de Fazer: Passe os camarões na farinha de trigo, no ovo batido e na mistura de cream cracker com farinha de rosca e frite em óleo quente. Escorra-os em papel-toalha e sirva-os com bandinha de limão e molho rosê.

 
 
 
 
 
Bom Apetite!!!
 
Beijnhos da Sil!!:-)

Pastelão de Batatas (de Bacalhau, de Frango, de Carne, Queijo, Vegetariano...o que preferir)

 
Use sua criatividade no recheio!
 
 
 
É uma ótima opção, tanto em lanches, como para almoço ou jantar.
A de queijo é a mais simples e rápida de fazer!
 
Abaixo, segue a receita que fiz há vários anos e hoje, sem querer,
lembrei dela por causa do comentário de uma amiga...
 
Ingredientes da Massa: 1kg de batatas cozidas e passadas no espremedor, 2 colheres (sopa) cheias de farinha de trigo (já fiz sem farinha ou com 1 colher de sopa rasa, mas´fica mais difícil de manusear a massa), 2 gemas, 1 colher (sopa) bem cheia de margarina/manteiga, sal e noz moscada a gosto e 1 gema para pincelar.
 
Ingredientes do Recheio: 200g de queijo fresco, 1/2 xícara (chá) de salsa com cebolinha bem picadas, sal e pimenta-do-reino a gosto, 2 colheres (sopa) de uva passas com nozes misturadas (opcional). Pode substituit, se preferir, as passas com nozes por 2 colheres (sopa) de presunto de peru picado e 3 azeitonas picadas.
 
Modo de Fazer a Massa: junte todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre até fazr um purê bem seco. Deixe esfriar um pouco, misture-a com a farinha de trigo e faça uma só massa para utilizar em seguida, na montagem. Normalmente, o recheio é feito, enquanto a massa fica esfriando (antes de pôr a farinha - há quem use menos farinha ou nem a use).
 
Modo de Fazer o Recheio: corte o queijo em pedaços grandes e misture com os outros ingredientes.
 
Modo de Montar o Pastelão: abra a massa, em formato oval, entre 2 plásticos. Coloque o recheio, dobre ao meio como um grande pastel (ou faça o mesmo procedimento, mas dividindo a massa total ao meio para fazer 2 pastelões. Ponha-o(s) em uma assadeira untada e pincele a gema nelas. Com uma faca afiada, faça talhos não muito fundos para não chegar até o recheio. Leve ao forno (250ºC - bem quente) pré-aquecido, para corar (uns 15min). Sirva com salada.
 
Dica: Prefira dividir a massa e fazer pastéis médios.
 
Opção para quem está com mais pressa: abra a massa em uma vasilha de vidro que vá ao forno, ponha o recheio e feche com a massa. Pincele com a gema, dê uns talhos (ou não), enfeite (ou não) e sirva quente com salada. Eu mesma fiz assim.... veja no meu blog...
 
 
 
 
 
 
(foto do início desta receita, pois não tenho a minha - faz tempo que fiz esses pastéis de forno)
 
Bom Apetite!!!
 
Beijinhos da Sil!!!:-)
 
 
 
 

domingo, 23 de setembro de 2012

Frango Suculento ao Molho de Ervas (huuuuum..... boa receita...é fácil mesmo e bem gostoso!!)


Ficou muito gostoso! Foi misturar os ingredientes e pôr no forno!
Servi com arroz branco e suflê de queijo.
Foi um sábado cheio de quitutes, mas as outras receitas só postarei depois...
 
 
Ingredientes: 1 kg de filé de peito de frango (já comprei no ponto de usar), 1colher (sopa) de alecrim, 1 colher (sopa) de manjericão, 1 colher (sopa) de orégano, uns 8 dentes de alho juntinhos e com casca, umas 8 azeitonas, 1/2 lata de ervilhas lavadas e escorridas (opcional - eu tinha em casa), 1 colher (sopa) de cheiro-verde misturado (salsa e cebolinha), 2 batatas grandes, cortadas em pedaços grandes), 1 fio de azeite, 1 colher (sopa rasa) de margarina/manteiga e 1 pacotinho de temperar frango (já usei outros também e é sempre bom - ele vem com o saquinho para pôr no forno).
 
 
Modo de Fazer: usei as instruções da embalagem do pacotinho, mas acrescentei as 3 ervas ao tempero do frango. Pus tudo saquinho que vai ao forno (até batata e alho), menos o cheiro-verde, a azeitona e as ervilhas, claro, no saquinho e pus no forno médio pré-aquecido pelo tempo indicado na embalagem. Depois retirei do saquinho, pus a tudo arrumadinho na mesma travessa de vidro, passei margarina no frango e nas batatas (pouquinho), um fio de azeite, as azeitonas e levei ao forno por uns 10 minutos (deixe mais tempo que doura mais e fica mais gostoso ainda - é que eu precisava correr contra o tempo e não deu para esperar mais). Retire do forno, distribua o cheiro-verde e volte a vasilha para o forno desligado ou leve direto para a mesa se todos os acompanhamentos já estiverem prontos. É só isso! Veja as outras fotos!
 
 
(Pode comprar a marca de sua preferência e o sabor também - já variei bastante e gostei de todos)

 
 
  


 
Outras Receitas com Frango - Doce Lar Para Você!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Uma boa semana a todos!
 
Beijinhos da Sil!!! :-)

Cubos de Carne com Batatas ao Molho Madeira....Caseiro, Fácil e Saboroso!


Esta receita foi obtida usando os ingredientes que eu tinha em casa.
Inventei no domingão e deu certo!

Ah, essa foto é minha, como muitas outras no "Doce Lar Para Você",
mas quem quiser usá-la, não há problema.
No começo eu pedia minha filha para pôr o símbolo da Doce Lar nelas,
mas achei melhor deixar as fotos livres (umas são bonitas, outras mais ou menos).

Só seria bom quem usá-las mencionar meu blog, né?
É assim que procuro fazer ao usar fotos que não são minhas,
mas estão disponíveis a todos na internet.
É mais uma divulgação do Blog e meu carinho com vocês!

BOM APETITE!



Ingredientes: 1kg de coxão mole (ou duro - fiz uma vez e deu certo - é só passar 10min a mais na panela de pressão) cortado em cubos grandes (já comprei cortado e limpo), 2 batatas grandes cortadas em 4 partes, 1 cebola bem grande (bem picadinha) ou 2 médias, 3 dentes de alho espremidos, 1 colherinha (chá) de orégano e outra de manjericão, 1/2 vidrinho de cogumelos (corte-os ao meio no sentido do comprimento, de forma a ficarem as 2 "bandas" iguais), sal a gosto, 1 colher (sopa) de cebolinha), 1 garrafa de vinho tinto seco de sua preferência (sobrará 1/3 você beber), 1 colher (sopa) rasa de amido de milho, 1 potinho de caldo de carne Knorr (dos 2 que vem no pacote - foto abaixo) e óleo de milho para refogar a carne. Há quem use bacon ou linguiça, azeitona e outros ingredientes, mas eu usei o que tinha. Ficou simples, a carne super macia e saborosa, o molho encorpado..enfim, deu certo! Mas use também sua imaginação e os ingredientes que tem em casa...


Modo de Fazer: primeiro tempere a carne com sal (ponha menos sal do que gostaria), orégano, alho, manjericão e 1/3 do vinho, na véspera. No dia seguinte, escorra bem a carne e reserve o líquido. Em uma panela de pressão, ponha óleo para esquentar (umas 3 colheres de sopa) e, assim que tiver bem quente, disponha os cubos para dar uma tostadinha e pegar cor. Só vire ao notar que um dos lados está mais fritinho. Vá virando os lados. Depois de "mais ou menos torradinhos" em todos os lados, acrescente a cebola picada e a mexa com toda a carne. Depois acrescente o líquido reservado. Enquanto isso, ferva um pouco de água. Na panela de pressão em que está a carne, acrescente 1 potinho de caldo de carne e outro terço do vinho e um pouco da água quente (umas 2 xícaras de chá). Ao ferver, prove o sal e, se tiver tudo ok, tampe a panela e deixe em fogo médio por uns 30 minutos. Abra a panela da forma correta e com cuidado, deixando escapar o ar quente antes. Ponha as 2 batatas grandes cortadas em 4 partes cada, feche novamente e deixer fervendo por 10 minutos na panela de pressão. Esfrie a panela e, após abri-la, acrescente os cogumelos, dê uma misturada de leve no conteúdo, verificando como está a batata. Deixe a panela em fogo baixo, acrescente a cebolinha picadinha e o amido de milho dissolvido em um pouquinho de água e misture bem, mas com cuidado. Engrossará rapidinho.



Dica: observe se ficou muito caldo com a carne, antes de pôr o amido, pois tudo depende também de como é sua panela de pressão. Eu mesma tenho mais de um tipo e há resultados um pouco diferenciados. Aí você poderá escolher se quer menos molho madeira (é só guardar parte de caldo no congelado para outro prato, outro dia) ou se quer a quantidade que ficou e ela está maior, é só aumentar a quantidade de amido. Mas só saberá que será necessário aumentar o amido, após engrossar o caldo com a quantidade mencionada na receita. Servi com arroz branco, farofa e saladas cruas.

_____________________________________


Outras receitas bem interessantes...


Site para quem não pode comer com glúten
(Picadinho com laranja - final da página principal do site)


(Carne ao Molho Madeira)

Outros links com receitas de molho madeira




Bom domingão a todos!

Beijinhos da Sil!!!:-)

domingo, 16 de setembro de 2012

Ensopadinho de Peixe com Camarão e Batatinhas...Fácil, Rápido e Delicioso!



 Criei este prato para o almoço de hoje.
Fiz também carne assada, para quem não gosta de frutos do mar, e
os respectivos acompanhamentos de cada prato.
 
Para esta receita, o único acompanhamento foi
um arroz delicioso e prático, elaborado com parte do creme do próprio prato principal.
A seguir, darei a dica.
 
Já para a carne assada
fiz os seguintes acompanhamentos desta vez:
Arroz Branco,
Farofa de Soja
Feijão Preto
e Salada Caesar


Ingredientes: 400g de filé do peixe de sua preferência (lavado com limão e temperado com sal - usei filé de tilápia, mas teria preferido sirigado, garoupa, etc.), 300g do camarão médio sem casca (lavado com limão e temperado com sal), 1/2 vidrinho de leite de coco (era o que eu tinha e completei com leite), 1 vidrinho de leite (pode inverter se preferir, 1 de leite de coco e 1/2 de leite), 1 cebola picadinha, 1 colherinha (chá) de alho espremido, 1 colher (sopa) de pimentão verde picadinho, 1/2 colher (sopa) de pimenta-de-cheiro picadinha, 1 colher (sopa) de cheiro verde picadinho (coentro é para ser utilizado em pratos com frutos do mar e salsa, para os demais, mas há quem use ou um ou outro em tudo, a depender da preferência - tudo bem - o gosto ficará bom com qualquer um dos dois), 4 colheres de molho de tomate, 1 colher (sopa) de alcaparras (opcional), 3 batatas médias cortadas em cubinhos, sal e pimenta a gosto. Um fio de azeite ao fundo da panela.
 



Modo de Fazer: disponha os ingredientes em uma panela wok (ou parecida), começando por um fio de azeite que deve ser "derramado" no fundo da panela antiaderente. Distribua a cebola ao fundo, depois o pimentão, a pimenta-de-cheiro e o alho. Ligue o fogo baixo e tampe a panela. Após uns 3 minutos, acrescente o molho de tomate, o peixe, os 2 tipos de leite misturados e os camarões. Com a colher, dê umas mexidinhas (devagar e sem misturar tudo) somente para os ingredientes "se conhecerem". Prove sal (acrescente mais se precisar) e tampe a panela. Leva uns 15 a 20 minutos, em fogo baixo, para ficar pronto. Vai depender mesmo do tipo do peixe (lembre-se de não deixar o camarão muito tempo, para não ficar borrachudo). No meio do tempo, acrescente as alcaparras (opcional). De vez em quando, retire a tampa da wok e dê uma misturadinha de leve em algumas partes somente para não desmanchar. Desligue e ponha em uma travessa de vidro e reserve em local que não esfria, enquanto prepara o arroz (se efriar um pouco, é só esquentar no micor-ondas ou em banho-maria). Deixe um pouco do molho para cozinhar as batatinhas nele, acrescentando mais água e sal (se precisar). Você aproveita esse molhinho onde a batata cozinhou para fazer o arroz. Cuidado sempre para não salgar nada.
 
Dica: há quem prefira cozinhar as batatinhas por fora, enquanto faz o prato e realmente isso faz ganhar tempo e o prato fica muito mais rápido.
 
 
 

Dica para o Arroz Especial de acompanhamento: no meu caso, como eu já tinha arroz branco parboilizado (cozido com cebola e alho), eu o esquentei no micro-ondas um pouco. Enquanto isso, separei um pouco do molho do ensopado numa panela. Esquentei esse molhinho, joguei o arroz e o misturei tudo até encorpar o molhinho no arroz, parecendo um pouco com risoto. Claro que é diferente de fazer o arroz (com caldo da casca de camarão, por exemplo) na forma de risoto, mas resolvi aproveitar o que tinha, já que hoje acabei fazendo muitos pratos. E olhe que foi um sucesso sim! Tava muito bom. Na hora de comer, só "joguei" um fio de azeite galo...hummmmmmm!!!
 
 
Outras Delícias da Doce lar com Camarão
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Uma ótima semana a todos!
 
BOM APETITE!
 
Beijinhos da Sil!:-)
 
 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Pudim de Bacalhau....uma Delícia dos Deuses! Encante-se!


Você não imaginam como é gostoso este pudim...
....até a primeira degustação...hummmmmm!!!!

A receita inicial foi minha sogra quem conseguiu,
quando meu marido ainda era criança e a
família toda foi a um jantar em homenagem ao pai dele.



É sucesso garantido!




Ingredientes do Pudim: 1/2 kg de bacalhau desfiado ou moído (se não comprar filé, por garantia, será preciso deixar de milho e ficar trocando a água por 48h), 4 colheres (sopa) cheias de farinha de trigo, 1litro de leite, 3 ovos, 50g de queijo parmesão ralado (pacote) e 2 cebolas bem picadinhas, além de uns 100g de uva passa seca sem caroço.
  


Ingredientes o Molho Branco: 1 cebola pequena ralada ou picadinha, 2 colheres (sopa) de margarina, 1/2 litro de leite, 4 colheres (sopa) de farinha de trigo, 1 pitada de sal, 1 pacote de 100g de queijo parmesão ralado.
  


Modo de Fazer o Pudim: refogue a cebola na margarina e misture 1/2 litro de leite ao refogado. À parte, misture a farinha de trigo no restante do leite (pode usar o liquidificador para dissolver, caso prefira que não apareça algum pedacinho de cebola). Mexa até engrossabacalhau e as passas e mexa bem. Desligue o fogo médio. Ao esfriar, acrescente o bacalhau desfiado (ou moído) as gemas e as passas e misture bem. Ponha, por último, as claras em neve, misture delicadamente, ponha em forma antiaderente (untada e enfarinhada) e leve ao forno médio pré-aquecido (em trono de meia hora - fique acompanhando).






Já fiz outras vezes, claro e é sempre incrivelmente gostoso!
Na anterior, fiz na forma de bolo antiaderente. 




Modo de Fazer o Molho Branco: assim que o pudim tiver pronto, enquanto fica morno para ser desenformado, prepare o molho. Refogue a cebola na margarina, põe a metade do leite. Na outra metade, dissolva a farinha de trigo e o queijo e ponha na mistura da panela (pode usar o liquidificador para dissolver, caso prefira que não apareça algum pedacinho de cebola). Mexa até virar um molho branco mais ou menos grosso. Depois jogue o molho por cima do pudim desenformado e sirva quente.

 
  


Essa era a caixinha da receita original em tamanho grande com 250g,
mas bastava comprar uma menor brasileira, que também existia.

Fiz minha receita com 100g e é fácil encontrar no supermercado.
A quantidade (mais que 100g ou menos, vai depender para quem você oferecerá o prato,
mas nunca deixe de pôr as passas, pois são especiais.



Veja outros pratos com bacalhau disponíveis na
DOCE LAR PARA VOCÊ!











Bom Apetite!!

_____________________________________


CURIOSIDADE

Por falar em objetos e comidinhas antigas,
vi uns sites com "coisas do passado"
(antes da minha época, inclusive...muiiiiiiito legal!)




Há alguns produtos antigos que existem até hoje.....











_____________________________________

Beijinhos da Sil!!!:-)