domingo, 30 de outubro de 2011

Doces Chefs: Macarrão Branco do André

Esse meu colega é uma grande figura e todos gostam dele lá no trabalho! Legal e engraçado, tá sempre de bem com a vida e, pelo visto, também não se aperta na cozinha. Olhe o que ele "aprontou" outro dia e disse que foi o maior sucesso com os amigos: macarrão (do tipo que você quiser) com molho branco, bacon, muçarela e linguiça. Vamos conferir essa gostosura?


Ingredientes: 1 pacote de macarrão (500g) do tipo de preferir, 1 cebola grande picadinha, 250g de bacon em cubos, 3 colheres (sopa) de farinha de trigo, 400ml de leite, 1/2 lata de creme de leite, sal à gosto. Como toque final, queijo muçarela fatiado (150 a 200g), 1 linguiça calabresa picada e fritinha, 2 dentes de alho triturado, orégano.


Modo de Fazer: frite, em uma panela com pouco óleo, o bacon. Após dar uma leve douradinha, acrescente a cebola picadinha e deixe dourar. Em fogo médio, ponha a farinha de trigo até formar uma massa e acrescente o leite até dissolver toda a massa. Deixe engrossar o molho para acrescentar o creme de leite e o sal à gosto. Em uma panela separada, frite a linguiça e o alho triturado. Coloque o macarrão cozido e escorrido numa travessa e ponha metade do molho branco por cima. Distribua as fatias de muçarela por cima, depois espalhe a linguiça frita com alho e ponha o restante do molho por cima. Polvilhe com uma pitadinha de orégano e leve ao forno apenas para derreter o queijo.

Dica: não deixe muito tempo no forno para não ressecar o molho.

Hum....você vai perder a oportunidade de surpreender a todos?
Não é trabalhoso e é sucesso garantido!


PARABÉNS, ANDRÉ! Obrigada por participar do meu blog!

Beijinhos da Sil!!

Doces Chefs: Torta Alemã da Bruna

Hum.....vamos nos deliciar com a sobremesa que minha ex-colega de trabalho levou para matar as saudades da turma? Que tal vocês prepararem uma dessa também para adoçar a vida de familiares e amigos? Vale a pena, viu?



Ingredientes: 200g de manteiga sem sal e em temperatura ambiente, 1 xícara (chá) de açúcar, 1 lata de creme de leite, 1 xícara (chá) de leite, 1 colher (chá) de essência de baunilha, 1 pa150g de chocolate meio amargo, 1 pacote de biscoito de "maizena" (200g), 1 caixinha (200ml) de creme de leite.


Modo de Fazer: bata a manteiga e o açúcar na batedeira até obter um creme liso e fofo. Acrescente o creme de leite e a essência de baunilha e bata rapidamente. Reserve. Coloque o leite em um prato fundo e umedeça levemente os biscoitos. Em uma forma de aro removível (22 a 23cm de diâmetro), intercale camadas de creme e de biscoito (algumas pessoas forram essa forma com papel alumínio), terminando com creme. Leve à geladeira por 3 horas. Derreta o chocolate com o creme de leite em banho-maria, espere esfriar e cubra a torta. Leve à geladeira por 1 hora (algumas pessoas somente derramam o chocolate ao deseformar a torta, tirar o alumínio e levá-la para servir). Ao desenformá-la, passe a faca entre o aro e a torta para soltá-la inteira. SIRVA-SE!

Use sua imaginação em cima desta receita para enfeitar e homenagear alguém especial!



Parabéns, Bruninha! Um obrigada em nome de toda a turma que comeu e repetiu essa delícia!
Visite-nos sempre, mesmo sem suas deliciosas sobremesas, pois será sempre bem vinda, ok?

Beijinhos da Sil!!

Doces Chefs: Bolo de Cenoura da Fernanda

A Fernanda (Fer para a turma mais próxima), com toda sua alegria e energia, levou um bolo delicioso para nossa equipe, na festinha de natal, quando trabalhava conosco, e fez o maior sucesso!  Essa foi a primeira vez, porque pedimos para repetir em outra ocasião, claro! Depois desse bolo com cenoura com chocolate, na receita dela, nunca mais fiz mais as receitas anteriores que eu tinha. É uma maravilha! Eu fiz final de semana passado e tirei umas fotos pra você!

Experimente!


Ingredientes: Para o liquidificador são 2 cenouras médias, 1 e 1/2 xícara (chá) de óleo (tem que ser óelo bom, como de canola ou de milho) e 4 ovos inteiros. Para a vasilha, os ingredientes secos como 2 xícaras (chá) de açúcar, 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 1 colher (de sobremesa) de fermento em pó (tipo royal). Para a cobertura, será preciso 1 lata de leite condensado, 2 colheres (sopa) de nescau (eu acrescentei 1 colher de sopa, rasa, de chocolate em pó), 1 colher (sopa) de leite, 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga. Pode enfeitar com aqueles enfeitinhos de brigadeiros, se quiser.

Modo de Fazer: misture, no liquidificador as cenouras com o óleo e os ovos. Ponha numa vasilha e vá acrescentando o açúcar, a farinha de trigo e, por último, o fermento em pó. Algumas pessoas fazem isso na batedeira, mas a Fernanda tem razão. Dá para misturar tudo à mão mesmo e o bolo ficará fofinho. Ponha em forma retangular que esteja já "untada e polvilhada com farinha de trigo" e leve ao forno médio pré-aquecido. Ao ficar pronto, jogue por cima a mistura de brigadeiro. Para o brigadeiro, é só misturar o leite condensado, o nescau (e chocolate, se for o caso), o leite e a margarina, até soltar do fundo da panela. Fica um pouco mais mole que o ponto do brigadeiro. Ah, se quiser, pode também polvilhar com coco ralado...mas só para enfeitar. O melhor mesmo é ele do jeitinho que tá na receita ou enfeitando com aquele "raladinho" de chocolate.



O bolo é muuuuito bom!!!





Como nos disse a Fernanda, fique magrinho, se conseguir!
Valeu, Fer! Estamos na maior torcida pelo seus sucesso!

Abraços da turma!
Beijinhos da Sil!!

Doces Chefs: Panquecas da Sogrinha Yara

Claro que minha segunda postagem seria uma homenagem à minha sogra, que me ensinou muitos pratos que meu marido gostava e que ela havia aprendido ao longo do tempo, misturando herança carioca, mineira (nasceu em Minas, mas morou quase toda a vida no Rio de Janeiro), paulista e italiana (família de meu sogro). Valeu, sogrinha!

 

 


No caso das panquecas, usando a panela certa para isso, ficou muito mais fácil e mais fininha, mas fazia mesmo era na frigideira, no início. 

Ela me ensinou com o recheio de carne moída, mas depois variei bastante e fiz até doce também, mas a tradicional acaba sendo a mais pedida. Na doce, há uma variação na massa, claro. É tirar o sal e pôr o açúcar na medida de seu gosto. Nesse caso, pode ser de chocolate, Romeu e Julieta, banana e canela, etc....


Minha filha, no entanto, gosta das vegetarianas; principalmente a de ricota com espinafre com molho branco (mas já fiz dela com molho vermelho para aproveitar o molho que eu tinha feito para o outro tipo: a de carne).



 

Ingredientes: 2 ovos, 1 e 1/2 copo (requeijão) de leite, 2 copos (requeijão) de farinha de trigo, 1 cubo de caldo...carne/frango/legumes/camarão, etc....., 1 dente de alho, 1/ cebola pequena e sal à gosto.
 
 
 

Modo de Fazer: bata tudo no liquidificador e ponha a massa numa vasilha. Mergulhe, nessa vasilha, o fundo da panela própria para panquecas, virando a panela na boca do fogão para a panqueca ir soltando dela pelo outro lado. Se não tiver, use concha para pegar a massa e ponha na frigideira aos poucos. Use sempre material antiaderente. Depois de todas as massinhas prontas, ponha o recheio e enrole-as, distribuindo-as na vasilha. Depois ponha o molho que melhor combine com seu recheio. Bom Apetite! 

 

 
 
 
 


 

D. Yara, obrigada pelas dicas que me deu nesses anos, principalmente nos 10 primeiros anos de casamento. Minha mãe e a senhora foram minhas primeiras mestras quituteiras. Lembro que há uns 10 anos, com uma pequena adaptação no recheio, ganhei, graças à sua receita de rocambole de batata(com molho de tomate), um concurso da revista Cláudia. Fui presenteada com todo um conjunto de panelas e assadeiras e guardo essa revista até hoje. OBRIGADA, mais uma vez! Depois, claro, se a gente gosta de gastronomia, a tendência é buscar sempre mais. Hoje, com este blog, posso homenagear e agradecer a quem me deu carinho até hoje.

Um grande abraço e votos de felicidade!

Beijinhos da Sil!!!

Doces Chefs: Torta de Minuto da Mãezinha Fátima







Como não podia deixar de ser, a primeira receita a ser postada nesta coluna precisava ser algo especial, de uma das pessoas mais especiais em minha vida. Assim, uma das primeiras que aprendi servirá para homenagear minha mãe! Mãezinha, obrigada!

Entre tantos pratos que aprendi ao longo da vida com minha mãe, depois com minha sogra, tias, amigas, tv, revistas, etc, essa receita é o curinga mais fácil de se usar numa emergência. Com o tempo, aprendi o tanto que se pode variar nela, não apenas em recheios, mas de outras formas que explicarei abaixo.

A depender do recheio, pode ser algo bem caseiro (carne, frango, carne seca, peixe, queijo com presunto, etc.) ou algo bem refinado (tomate seco com rúcula, aspargos, camarão com catupiry, palmito com catupiry, espinafre com ricota, 4 ou 5 queijos, etc.). Use sua imaginação e veja como é fácil variar com ela. Por exemplo, a depender do recheio, seria o caldo utilizado (legumes, camarão, frango caipira, carne assada, etc.). APROVEITE!




Sua imaginação, a destinação da torta e o momento a ser apresentada é que fazem a diferença. Aprendi com minha mãe a receita básica, depois vi que ela variava os recheios e crie, ao longo do tempo, muitas ideias e variações de gosto. Não deixe de ter esse curinga em sua casa. Ele vale ouro!



Vamos à receita básica da Torta de Minuto ou torta de liquidificador....e depois às dicas!

Ingredientes: 1 e 1/2 xícara (chá) de leite, 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de óleo bom, 1/2 xícara (chá) de "maizena", 100g de queijo parmesão ralado (preferência por comprar o queijo e ralá-lo (mas pode ser o de pacote de boa marca), 1 colher (sopa) de fermento em pó royal, 4 ovos, 1 tablete de caldo de.....frango/carne/legumes/camarão...a depender do recheio, 2 dentes de alho, 1/2 cebola pequena.


Modo de Fazer: Bata tudo no liquidificador (deixe um pouco de queijo para polvilhar por cima) e prove o sal, acrescentando, se precisar. Coloque, depois de bem batido, as claras em neve e misture à mão. Em uma forma untada e enfarinhada, ponha metade da massa, o recheio de sua preferência, o restante da massa. Polvilhe com queijo ralado e enfeite como quiser.

Opcional: 150 g de queijo muarela em fatias finas. Pôr por cima do queijo ralado que estava por cima da massa final.

DICAS

Uma dica é se voce vai prefere colocar a massa, recheio e massa ou se vai misturar o recheio à massa para homogeneizar a torta. Viu só como há opções infinitas de se fazer uma torta e, se usar a receita básica que expliquei, será mais fácil ainda?

Outra dica é a clara do ovo. Se você põe o ovo inteiro (como na receita), o resultado é um (a massa une mais, por exemplo, se você faz com diversos queijos). Se você deixa as claras para pôr, em neve, ao final, misturando à mão, o resultado é outro (fica uma massa mais fofa).




A última dica é que, quanto mais comprida a assadeira, mais fina a massa e mais ela vai ter que se misturar ao recheio e ficar menos mole no meio. Tente fazer assim, se utilizar os 4 a 5 queijos de sua preferência...hum.....e se a opção for essa, um vinho também cairá bem!

Uma beijoca bem especial e saudosa em minha mãe que mora em Fortal!

A todos....bom apetite!

Beijinhos da Sil!!!


Espetinho de Filé de Costela com Molho Tarator

Não sou muito de carne, mas o pessoal que provou esse quitute, aprovou na hora! É um bom petisco para domingos de jogos ou para almoço mesmo. É só variar nos acompanhamentos e fazer outros tipos de espetinhos (frango, linguiça, carne com queijo, carne com verduras, bacon, etc) com a bebida de sua preferência. Não gosto de cerveja, mas dizem que é legal com ela. Ouvi falar de um novo tipo, a Stella Artois, mas não sei se é boa...fica com vocês que conhecem cerveja, ok?





Espetinhos


Ingredientes: 400g de filé de costela cortado em cubos, 1 dente de lho picado grosseiramente, 1/2 cebola cortada grosseiramente, 1 colher (café) de pimenta síria (opcional), 2 colheres (sopa) de azeite, 2 colhres (sopa) de iogurte natural e sal na quantidade desejada.

Modo de Fazer: misture os ingredientes da marinada. Tempere o filé de costela. Deixe descansar ao menos umas 12 horas para pegar o gosto do tempero na carne. Coloqueos cubos de carne no espeto. Asse no fogo alto no ponto que desejar. Eu prefiro bem passado, quando como qualquer tipo de carne.


Você pode também fazer outros molhos de sua preferência



Pão Sírio

Outros acompanhamentos


Molho Tarator


Ingredientes:  1/2 xícara (chá) de água, 1/3 xícara (chá)  de tahine (pasta de gergelim), 1 colher (sopa) de suco de limão, 1 colher (chá) de salsinha, 1 dente de alho amassado e sal na quantidade desejada.

Modo de Fazer: misture bem todos os ingredientes. Sirva o molho com pão sírio, tomate cortado em cubos, cebola cortada em meia lua e folhas de hortelã.


O molho tarator pode ser usado com filés de peixe também


Use sua imaginação!!!



 
Bom Apetite!
Beijinhos da Sil!!!! :-)

sábado, 29 de outubro de 2011

Picolé (ou Sorvete) de Chocolate muuuuuuuuuuuito gostoso!

É muito saboroso e lembra o picolé Chicabon (da Kibon), principalmente se você mesclar o chocolate amargo com meio amargo ou com chocolate ao leite.





Você pode fazer em forminhas de picolé, em copinhos descartáveis de cafezinho (enfiando palito de picolé nele e rasgando o copinho depois ou pondo copinho duplo para ele não rasgar) ou em outro que desejar ou, ainda, deixar em pote de sorvete para retirar fazendo bolas e enfeitá-las em vasilha bonita ou deixar em todo em vasilha bonita mesmo.


Mais abaixo reproduzirei minha receita de mousse, que, ao ser deixada no congelador, vira sorvete ou picolé, como preferir.




Segue meu link sobre o mousse, neste mesmo blog.... confira!


Ingredientes: 200g de chocolate meio amargo raspado ou em pedacinhos; 1 lata de creme de leite sem soro; 4 claras em neve; e 4 a 6 colheres (de sopa) rasas de açúcar refinado.


Modo de Fazer: em uma panela em banho-maria (ou seja, uma panela com sua mistura, dentro de outra, tipo frigideira alta, por exemplo), misture o creme de leite sem soro e o chocolate. Ligue a panela de baixo, que está com água, de forma que o chocolate e o creme de leite se misturem sem estarem dentro de uma panela diretamente no fogo. Ao acabar de misturar totalmente, desligue. À parte, bata 4 claras em neve (em batedeira, até ponto durinho). Acrescente o açúcar (normalmente 4 colheres, mas pode ser que você goste mais doce) e bata até ponto de suspiro. A essa mistura branquinha, junte a de chocolate e bata com apenas 1 dos 2 batedores ou com um misturador manual mesmo, uma colher grande, como preferir. Raspe até o final da panela para não perder chocolate. Divida em potes, copinhos transparentes ou qualquer vasilha inteira ou individual (descartável ou não) de sua preferência e ponha na geladeira. No dia seguinte, é só aproveitar.
Dica: como opção, pode retirar a bola de sorvete e pôr na casquinha e servir para a criançada. Ou poderá fazer no palito se tiver forma de picolé.....


Aproveite!
Beijinhos da Sil!!!