sábado, 26 de fevereiro de 2011

Banana Frita e seus diversos usos...



Aí vão algumas dicas de como gosto. Uso a banana frita de 3 formas diferentes:

(1) Para comer geladinha com açúcar e canela por cima. Nesse caso, corto as bananas em tirinhas (sentido horizontal). Ponho margarina em uma frigideira. Quando derreter e parecer que está fervendo, ponho as tirinhas e não viro o lado até sentir que está fritinha, coradinha. Aí viro, frito também desse outro lado, retiro-as para um prato e deixo esfriar. Depois ponho o açúcar misturado com a canela (a medida do açúcar é a colher de sopa e a da canela, a colher de chá – a quantidade, cada um escolhe como deseja). Se você puser açúcar com a banana ainda quente, vai derreter mais fácil e ficar mais “caldulento”, mesmo que leve imediatamente à geladeira.



(2) Na sobremesa chamada Cartola, que é uma mistura de banana frita, queijo coalho (alguns usam queijo minas), acúcar, canela e margarina – camadas assadas no forno. Hummmmmmmmmm!!!!!!

(3)
Em pratos salgados – raramente, pois só eu gosto de misturar pratos salgados com frutas. Bem, posso fazer uma “Delícia de Peixe” ou em “Arroz Colorido”. Eu gosto muito. Depende agora de você.

No prato “Delícia de Peixe”, faço assim:

O filé de peixe frito em azeite em frigideira de terfal (eu os tempero com sal, limão e alho), um molho branco mais encorpado (com cebola, leite, farinha de trigo ou amido de milho, queijo parmesão ralado, leite e creme de leite) e a banana frita na margarina, para intercalar os ingredientes em camadas, 2 vezes de cada. Pôr cima, ponho 5 fatias de queijo muçarela e levo ao forno para derreter e dourar o queijo.

No prato “Arroz Colorido”:

Faça o arroz como de costume, misture o que você tiver em casa (ervilha e/ou milho, cenoura cozida, presunto picadinho ou frango desfiado, salsa e cebolinha picadinha, batata palha e ½ pote de requeijão, por exemplo). Ponha metade dessa mistura, a banana frita, novamente o arroz. Enfeite com azeitonas (se tiver) ou faça uma flor de tomate com ovo cozinho cortado em pedaços e leve ao forno (micro-ondas, antes de pôr a batata-palha,  ou no fogão mesmo), para ficar quentinho..........

Use sua imaginação e aproveite!

Beijinhos, Sil!

Viajando pelo BRASIL: Campos do Jordão!

Bom, primeiramente quero pedir desculpas pela ausência nessas últimas semanas. Estava viajando com a família e aproveitei para tirar fotos das comidas e lugares que comemos lá em Campos do Jordão.

Nossa viagem a Campos foi muito regada de chuvas e comidas deliciosas. Queríamos ir a diversos outros restaurantes, mas alguns não estavam abertos no dia em que fomos...

Bom, enquanto pesquisávamos sobre Campos, antes da viagem, ouvimos falar muuuuito bem de um lugar chamado "Pastelão do Maluf", onde várias celebridades costumam comer quando vão a Campos (inclusive o próprio Maluf, que tem três pastéis com seu nome - todos de carne, sua preferência).


O "Pastelão do Maluf" tem uma massa deliciosaaaaa, é super recheado e realmente pega seus clientes pela boca. Além de ser tudo isso de gostoso, ainda tem o comprimento de 28 centímetros. Tá bom ou quer mais? hahahaha


Reparem que o pastel está em cima de uma caixa de PIZZA e está ocupando toda a extensão da caixa

Retirei um trechinho da revista Veja, onde o Pastelão leva o prêmio de melhor salgado [http://vejabrasil.abril.com.br/vale-e-montanha/roteiro/comidinhas/as-delicias-premiadas-9/]

Cliquem na imagem para visualizarem melhor :D

Bom, e, suponhamos que você viajou e não quer sair a noite porque bateu muita perna pela cidadedurante o dia... O que fazer? Tenho uma dica: Risoto Pronto à Parmigiana! Dá para levar na bagagem e, para ficar pronto basta água, um pouquinho de manteiga e paciência! :D


E para demais jantares? Que tal uma pizza paulista de preço acessível?

Cliquem para ampliar, caso necessário. GENTE, isso é muçarela mesmo, não é Marguerita, apesar de parecer... Essas pizzas foram pedidas na Pizzaria Altas Horas.

Mais uma supresa gastronômica que tivemos em Campos: A Maior Batata Recheada que eu já vi!

Esse prato é o grande, de almoço mesmo. Essa batata foi pedida no Delivery do Sergio's Pizzaria. Ela chegou beeem quentinha e parecia saída do forno. TODAS as Batatas, independente do recheio, vêm com catupiry e parmesão. Tá bom pra você ou quer mais? hahahaha


Para finalizar, deixarei uma sugestão de restaurante, o Bia Kaffee, restaurante típico alemão, que infelizmente não frequentamos, mas que sabemos da qualidade do local por ser muito bem conceituado.


Apfelstrudel c/ sorvete: R$ 14 (morri de vontade de comer, pena que o restaurante estava fechado...)

Bom, foi um resumão gastronômico da minha viagem a Campos...

Espero que tenham gostado! :D

Beijinhos, Sil!

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Purê de Batatas Polonês!

Primeiramente, antes da receita, queria me desculpar com os leitores devido a minha ausência do blog nesta semana... Alguns empecilhos e problemas pessoais... Desculpem-me. :)

Enfim, vamos à receita!

 [pure.jpg] 
Essa receita é uma variação de nosso famoso purê de batatas.

Uma amiga que morou na Polônia fez uma vez e amei. Claro que não dá para fazer sempre assim. É que lá eles usam batata em diversas variações. É o nosso feijão com arroz, né?

Bem, é simples:

Ferva, na água e sal, 1kg de batatas. Ao espetar algumas das batatas e senti-las macias, escorra todas elas na panela mesmo, usando a tampa semi-aberta e um pano para segurar dos 2 lados.

Depois, na panela mesmo, jogue 1 colher de sopa cheia de margarina.
Acrescente 50g de queijo parmesão ralado, ½ pote de requeijão, 1 lata de creme de leite sem soro. Misture bem e prove o sal. Está pronto para consumir ou para esquentar mais tarde no micro-ondas e comer a quantidade que desejar.

Não é fácil? Fica muito gostoso também!

Faça uma torta com o purê que sobrou:



Supondo que sobrou a metade do purê, faça um novo prato agora. Use linguicinha frita com cebola ou frango desfiado/em cubos refogado ou carne refogada ou legumes que sobraram também para recheio ou faça um de sua preferência. O recheio pode ser molhado ou seco.

Acrescente ao purê que sobrou: 1 ovo inteiro, 50g de queijo parmesão ralado, 2 colheres de sopa de farinha de trigo e 1 colher de chá de fermento. Misture devagar a cada ingrediente acrescentado.

Unte um pirex com margarina, polvilhe com farinha, ponha metade da mistura, o recheio, queijo muçarela em fatias (umas 6 fatias finas), a mistura por cima. Passe a gema de ovo (sem a pele), polvilhe com queijo ou orégano (ou os 2) e ponha para assar.
Vai gastar pouco e causar sucesso...tente!

Beijinhos, Sil!